A arte de não pagar a conta

Outro dia fomos a Búzios – no feriado de zumbi, o único desse segundo semestre, e por isso mesmo tudo parecia mais saboroso.

No meio da bagunça de amigos, cervejas e churrasco pós-praia, resolvemos que queríamos conhecer um restaurante de Búzios e acabamos indo ao Satyricon (único que ainda aceitava reservas àquela altura, e mesmo assim graças a uma amiga querida que “deu uma carteirada”).

Já conhecia a sede aqui no Rio, um tanto quanto escura e opressiva, mas divertida com seus aquários e desfiles de turistas, por isso, já sabia mais ou menos o que esperar da filial de Búzios. (Ou é o contrário: lá é sede e o Rio é filial? Bem, não vem ao caso, creio eu.)

A primeira coisa que chama atenção é a vista: localizado na Orla Bardot, a parte da frente do restaurante é um charme só.

Segundo, fomos surpreendidos pelo bom atendimento: muitas vezes sinto que não somos bem atendidos em alguns locais porque não chegamos de Land Rover nem ultrapassamos a barreira dos 60 anos. Mas aqui não, o senhor que nos atendeu foi muito gentil e atencioso.

E a comida estava um espetáculo! Ostras frescas (e carnudas) de entrada; polvo macio (o bacana aqui é que você pode escolher como quer o polvo); camarão grelhado com casca; e risoto de limão siciliano. A porção de polvo estava tão bem servida que sobrou e levei pro jantar da amiga querida.

De sobremesa, tiramisú. Ao contrário do polvo, o tiramisú não é imperdível (aliás, ainda busco, no Brasil, um tiramisú que me tire o sono), mas somente uma opção razoável.

A conta, como era de se esperar, ficou salgada, bem salgada (até porque toda essa comida foi acompanhada de uma bela garrafa de Veuve du Vernay). Na hora de pagar, um ponto negativo, pois eles não aceitam Amex. Cada vez mais percebo que só ter o Amex na carteira é uma ótima desculpa para os outros pagarem sua conta.

No geral, recomendo a visita (se você estiver com orçamento bem folgado nesse fim de ano), por conta da vista, do bom atendimento e da qualidade dos frutos do mar – frescos e saborosos – e, no meu caso, porque meu namorado acabou pagando a conta toda já que eles não aceitavam meu cartão de crédito.

(Satyricon Búzios – Av. José Ribeiro Dantas, 500 – http://www.satyricon.com.br/contat )

 

Anúncios

Já foi lá? Não foi, mas ficou curiso(a)? Curtiu o post? Me conta tudo aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s