Clube dos Oito

Minha mãe tem uma única irmã, mais velha, e é uma injustiça dizer que ela é (só) minha tia. Ela é muito mais: mãe, avó, prima, irmã, desenvolta, independente, super-heroína da minha infância. Então, quando chegou o aniversário dela esse ano, fiz questão de mudar toda minha programação de fim de semana em São Paulo para poder estar ao lado dessa pessoa determinada que tanto admiro.

O bom é que ela não só é incrível, como ainda tem bom gosto: apreciadora assumida da boa culinária, em especial de doces, minha tia buscou em guias, revistas e jornais um local especial para reunir a família e comemorar mais um ano de vida.

Casadas as agendas de todos os membros da família – somos poucos (08 ao todo), mas enrolados – minha tia reservou uma mesa para nós no Térèze, em um domingo, às 14hrs. São Pedro colaborou e, apesar da chuva da véspera, domingo, na hora combinada, estávamos todos acomodados em Santa Tereza, com um belo céu azul, sol agradável e brisa leve.

Aos domingos o Térèze só trabalha com brunch, em um esquema de preço (alto e) fixo, com muitas coisas (mas nem todas) incluídas. O preço pode até ser um ponto contra, em muitos casos, mas nem tudo está perdido: para quem tem criança na família o restaurante oferece a opção de preços reduzidos, dependendo da idade; e o Guia Eat in Rio tem um cupom que dá desconto de 50% no valor de um brunch (dica: verificar se podem usar mais de um cupom por mesa).

A melhor coisa a se fazer é chegar aqui com fome, muita fome; se possível, não tome café no dia, nem jante na véspera.

2014-12-14 21.24.49 2014-12-14 21.24.49-1A mesa de saladas, queijos e frios é linda de olhar e oferece excelentes opções: na classe dos queijos, tinham desde o queijo parmesão (amigo de todos), até o fedorento gorgonzola, passando por queijo de cabra e brie; já entre os frios encontramos presunto cru, salame, blanquet, carpaccios e gravlax, todos preteridos por mim em função das demais opções da mesa; quiches (lorraine, gorgonzola, aspargos) de massa fina e crocante; pães (destaque para um pão preto com passas e nozes que ficou perfeito com o queijo de cabra, na minha modesta opinião); e saladas (salada de folhas, salada com cuscuz marroquino, salada com frango e cenoura).

Para quem gosta de peixe cru, escabeche de cherne foi campeão de audiência. Servido em copinhos de shot de tequila, causaram tristeza entre nós por não virem em porções maiores, como um pint, por exemplo.

Ovos pochê gratinados
Ovos pochés gratinados

Era possível ainda pedir crepes, recheados com ingredientes escolhidos pelo cliente, para serem feitos na hora, ali mesmo no salão; omeletes; ovos de codorna ou de galinha (optamos pelos ovos pochés gratinados – são dois, servidos em um recipiente que me era absolutamente desconhecido até então, com um pouco de queijo em cima, gratinado usando um maçarico – estava lindo e delicioso).

Outro prato quente diretamente da cozinha que podíamos pedir eram as massas, entre elas, risotto de cogumelos trufado. Raras vezes eu senti efetivamente o gosto e a diferença do ingrediente trufado em uma receita e esta foi uma delas, o paladar fica diferente, e o risotto merece meu destaque por conta disso.

No quesito doces havia crepes (eu fui com a clássica combinação de nutella com morangos), brownies, madeleines e a grande atração da casa, mesmo nos outros dias de cardápio normal, os macaroons – sei que havia outros doces, mas quando me vi diante dos macaroons, não prestei atenção a mais nada. Lindos e coloridos, os cinco ou seis sabores diferentes de macaroons ficam na mesa de doces para cada um se servir do sabor e na quantidade que quiser. Como já havia ingerido comida para uma semana inteira,  só consegui provar o de limão e o de coco; ambos aprovadíssimos!

O que azeda a receita é o ingrediente ‘bebidas’. O valor dá direito a alguns sucos, de sabores pré-definidos, para cada um se servir à vontade, uma taça de espumante, e SÓ. Água, café, todo o mais é pago à parte, e claro, eles só trabalham com água pellegrino ou panna e café nespresso.

(Restaurante Térèze – End.: Rua Felício Santos, 15, Santa Teresa – Tel.: 3380-0220 – http://www.santa-teresa-hotel.com/pt/cuisine.html)

Anúncios

Já foi lá? Não foi, mas ficou curiso(a)? Curtiu o post? Me conta tudo aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s