5 coisas que o Clean não te conta

Hoje é o dia 20 do programa de desintoxicação. Ao todo são 21 dias, sem contar a fase inicial de Eliminação. O pior já passou, agora já nos adaptamos à rotina e até nos afeiçoamos às comidas e receitas.

O livro não chega a ser totalmente parcial, mas claro que enfatiza as benesses do programa. Ele diz que você pode passar por alguns incômodos, mas ele não te prepara para a dura realidade do dia a dia de uma dieta à base de dois shakes e uma refeição sólida com inúmeras restrições:

1) Ir ao mercado pode ser bem mais caro do que você pensa: o preço dos produtos orgânicos e outros itens sem lactose, sem glúten, etc é muito mais alto do que o preço dos alimentos “normais”. Míseras 150g açúcar de coco nos custaram R$ 29,70. Imagina só quantos quilos de açúcar União deixamos de comprar com esse valor?

2) Fazer dieta não é nada prático: para ter alimentos frescos, tem que ir ao mercado quase todo dia; tem que ir para cozinha quase todo dia e tem que lavar muita louça. Fazer essa dieta dá uma trabalho danado, é quase um segundo emprego e quase acaba com a “sonequinha”matinal.

3) Precisa de criatividade: como você acaba excluindo do cardápio 90% das coisas que você normalmente come, o maior desafio passa a ser descobrir novas receitas que te ajudem a aguentar o dia até sua próxima refeição, que sejam saborosas e que não te deixem entediada comendo a mesma coisa todo dia. E você descobre que pode substituir a taça de vinho do fim do dia por umas horas em pé ao lado do fogão.

4) Vida social é overrated: almoço de família, encontro com os amigos e festa de criança são torturas olfativas, visuais e psicológicas. Você fica salivando, mentalmente já compila uma lista enorme de tudo que vai comer quando acabar o detox e passa metade do tempo explicando porque não está ingerindo nada além de um copo d’água com rodelas de limão.

5) “O Regresso” é um ótimo filme para assistir durante o detox: ver o DiCaprio comendo fígado cru e se escondendo dentro de um cavalo é batata para fazer passar toda sua vontade de comer pipoca ou qualquer outro alimento pelas próximas 17 horas (ou mais).

Dito isso, o programa realmente traz muitos benefícios – melhora a pele, melhora a disposição, melhora o sono – e não precisa passar fome. Pelo contrário, comemos muito bem e estamos clean (e 5kg mais magros), mas loucos para comer um hambúrguer de carne com bacon e tomar uma IPA.

 

Anúncios

Já foi lá? Não foi, mas ficou curiso(a)? Curtiu o post? Me conta tudo aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s