O paraíso é um restaurante belga

Estive na Bélgica duas vezes e, desde então, sempre achei que o país é sub-apreciado. Cidadelas com arquitetura medieval bem preservadas, construções mais recentes com belos exemplos de art nouveau e, claro, ótima comida e bebida.

Quando me deparei com um restaurante belga perto de casa, então, não tive dúvidas de que ele deveria ser nossa opção de almoço do dia. O Chez Vous abriu há cerca de um ano e é uma casa com aspecto mais descolado; pé direito bem alto, tem cara de ateliê, paredes com tijolos aparentes, chão de cimento queimado. Uma parede de vidro dá acesso ao pátio interno e garante bastante luz. Um bar aberto na parte da frente, cozinha na parte dos fundos, iluminação com fios vermelhos pendentes do teto e lâmpadas com fiamento de carbono completam a atmosfera de restaurante jovem.

Tanto o cardápio com drinks e comidas quanto a carta de cervejas e vinhos vêm em pranchetas. img_2002De entradinha, pedimos as mini almôndegas (R$ 18,50) com pimenta jalapeño e molho de cerveja, enquanto líamos as opções de prato principal. As mini almôndegas parecem croquetes em formato redondo, servidas em uma porção bem generosa com molho à parte. Feitas com carne de primeira, macias e sem gordura, faltavam-lhes sal e tempero, ambos compensados pelo molho que estava bem consistente, com sabor de cerveja presente e com um toque de jalapeño.

O cardápio, além do clássico moules et frites, tem também pratos típicos como carbonnade flamande (a versão belga do beouf bourguignon) e o steak americain (um steak tartare, que engana os mais desavisados).

O Marido demorou para decidir, já que o cardápio tem suas duas opções favoritas – porco e filé au poivre. Eu queria a porção de mexilhão com fritas, mas estavam sem mexilhões. Pelo que nos explicaram, eles recebem os mexilhões na sexta (melhor dia para saborear esse prato, segundo o garçom que nos atendeu) e no sábado; se você quiser comer mexilhões no domingo, o ideal é ligar e reservar com antecedência uma mesa e sua porção de molusco.

Acabei escolhendo a sugestão de prato do dia, risotto de queijo; e o Marido, filé au poivre. Os pratos demoraram um pouco, mas fui me divertindo com uma meia garrafa de vinho branco – chardonnay de uma vinícola nacional – leve e refrescante (R$ 48). Ao invés das clássicas champagnheiras, a casa usa aquelas sacolinhas de plático transparente, com alças, cheia de gelo e sugerindo que que você ‘beba com #descontração`.

img_2007O risotto de queijo gorgonzola doce com brócolis (R$ 42) é servido numa porção sem exageros – nem muito grande, nem muito pequena. O arroz estava al dente; o brocólis fresco e ainda com aquela crocância; o gorgonzola, bem derretido e na quantidade certa para não ficar enjoativo. Prato super bem temperado com cebola, alho-poró e pimenta e com sabores equilibrados entre o brócolis e o gorgonzola.
O filé au poivre ( R$ 59,90) do Marido também vem em uma porção sem exageros na quantidade, mas esbanjando sabor. img_2004O filé baixo, servido ao ponto, com bastante molho – encorpado, com toque de vinho, e bastante pimenta verde -, acompanhado de uma releitura da clássica torta de batata – batatas bolinhas cozidas e amassada como se fossem ao murro, com uma camada de creme entre elas, cobertas com queijo para gratinar – estava uma delícia.

De sobremesa, o Marido foi de gauffre (R$ 18) – os waffles belgas, vendidos em carrocinha em praticamente cada esquina por lá – e eu pedi a mousse de chocolate (R$15,90).
img_2013A mousse era, obviamente de chocolate belga e, como nada é tão simples, ela leva especiarias. Servida num copinho, ela tem uma textura bem cremosa, puxando para o meio amargo, com um toque refrescante por conta das especiarias. Eles usam 3 ao todo e quem adivinhar quais, leva um cafezinho de cortesia #sobremesadodesafio. O waffle do Marido é desses fofinhos e vem servido com uma deliciosa calda de chocolate belga.
E como não dá pra planejar a terceira viagem à Bélgica, I did the next best thing: reservei minha porção* de mexilhão para a sexta-feira seguinte. img_2010

* A menor porção sai por R$ 64.90 e serve muito bem qualquer amante de mexilhões.

Chez Vous – End.: Av. Lavandisca, 395, São  Paulo – Tel.: (11) 50516263 casachezvous.com.br

 

Anúncios

Um comentário em “O paraíso é um restaurante belga

Já foi lá? Não foi, mas ficou curiso(a)? Curtiu o post? Me conta tudo aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s