“I got the feeling that something ain’t right”

Ficar de preguiça na cama é uma das delícias de domingo; você acorda sem compromisso, vê o dia passando lá fora e ainda assim pode se dar ao luxo de virar pro lado e continuar por ali, em meio a travesseiros e edredons. Mas aí, quando o namorado abre mão desse momento para ir em… Continuar lendo “I got the feeling that something ain’t right”

Barriga llena, corazón contento

Às vezes sou uma pessoa extremamente influenciável, em outras vezes, nem tanto. Por exemplo: quando assisti “Contágio”, no dia seguinte eu acordei com todos os sintomas; mas quando me falam que carne vermelha faz mal, eu tenho dificuldade de acreditar. Tudo bem que cada organismo reage  de uma maneira e que comer um boi inteiro no almoço… Continuar lendo Barriga llena, corazón contento

“What’s my age again?”

Durante anos fui a pessoa mais nova da família e por isso mesmo me acostumei logo cedo às manias das pessoas (mais) velhas. Quem convive com pessoas dessa faixa etária percebe de cara que eles são creatures of habit: pessoas (mais) velhas tendem a ir sempre ao mesmo restaurante, optam por serem atendidos pelo mesmo garçom… Continuar lendo “What’s my age again?”